Hino de Alfenas

Letra: Maria da Conceição de Carvalho (D. Zinica)

Música: Maestro Agenor Reis

És minha Alfenas querida 
uma jóia do Brasil 
surges tão bela e amena 
sob um doce céu de anil! 

Tuas ruas e tuas praças 
tem encantos que seduzem, 
teus horizontes distantes 
a meditar nos conduzem… 

Tuas Escolas são Templos 
abençoados por Deus; 
nelas estudam, aprendem 
os jovens e filhos teus. 

Tuas indústrias tem fama, 
tuas igrejas tão belas 
a rezar o povo chama 
e a piedade mora nelas. 

Teu vermelho sol poente, 
quando ao longe vai tombando 
encanta, deslumbra a gente. 

Tuas noites tão serenas 
são doçuras, são poemas, 
Tens feitiço – minha Alfenas!