Seminário sobre Unificação das Polí­cias Civil e Militar é realizado em Alfenas

Publicado em 4 de abril de 2017

Aconteceu no dia 31 de março, no Plenário da Câmara Municipal de Alfenas, o Seminário sobre Unificação das Polícias Civil e Militar é Viabilidade e seus Desdobramentos. A organização ficou por conta da Comissío Especial Unificação das Polícias Civil e Militar, da Câmara dos Deputados, presida pelo Deputado Federal Delegado Edson Moreira (PR/MG).

O Seminário já foi apresentado em diversas cidades do Brasil e também no exterior. Desta vez, Alfenas foi escolhida como uma das cidades visitadas, graças ao convite do Presidente da Câmara, José Carlos de Morais (Vardemá/ PMDB). De acordo com o Deputado Delegado Edson, as visitas a outros países, como França e Estados Unidos, é importante para conhecer diferentes modelos de segurança pública e aplicá-las da melhor forma no Brasil. O Deputado comentou também que em países como Alemanha e áustria já está em funcionando as polícias unificadas.

Na ocasiío, O Plenário manteve-se lotado, com a presença de delegados, policiais civis, militares, guardas municipais e bombeiros de Alfenas e regiío, além de outros interessados no tema. A mesa do Seminário foi composta pelo Deputado Federal Delegado Edson Moreira, pelo Prefeito de Alfenas Luiz Antônio da Silva (Luizinho/ PT), pelo Vereadores Domingos dos Reis Monteiro (Dominguinhos/ PSB), Tadeu Donizetti Fernandes (PTC) e o Presidente José Carlos de Morais (Vardemá), além do Chefe de Departamento Bráulio Stivanin Júnior, o Delegado Regional Thiago Ribeiro, o Tenente-Coronel Gilson Gonçalves dos Santos representante do comandante regional (Cel. Frederico), o Comandante do Batalhío de Alfenas Tenente-Coronel Aurecy Argemiro e Ana Luisa Pereira Wagner, representante da Secretaria de Educação de Alfenas (Aliene Eleonora de Carvalho).

A unificação das Polícias Civil e Militar é a aposta da Comissío Especial da Câmara dos Deputados, para solucionar a crise de segurança pública no país. Segundo a Comissío, o atual sistema se mostra ineficaz a partir do momento em que nío tem conseguido vencer a criminalidade, diferentemente do que acontece em outros países, que têm enfrentado os problemas e obtido resultado. A manhí foi fundamental para ouvir as Forças da cidade para que o projeto seja futuramente apresentado da melhor maneira possível. Segundo o Delegado Edson Moreira, a intenção é entregar o relatório final no primeiro semestre de 2018, já acompanhado da PEC e projeto de regulamentação incluídos.

Temas como o aumento da violência nos últimos tempos, políticas públicas para maior segurança da população alfenense e a importância da organização, equilíbrio de investimentos e respeito às forças de segurança do Brasil foram temas debatidos por todos os presentes na mesa de debates.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!